O Tarot e os mitos: A Torre

Pieter_Bruegel_the_Elder_-_The_Tower_of_Babel_(Vienna)_-_Google_Art_Project_-_edited

Torre de Babel – Pieter Bruegel

a16_Torre

Tarot Mitológico

Eu sempre digo que estudar o tarot é estudar história também, a história da humanidade e seus mitos. Então vamos lá, uma aluna me perguntou sobre a carta 16, A Torre, temida por tantos, mas que muito representa e nos conta sobre a nossa história. Há muitos mitos retratados no tarot e o mito da carta 16 é a história da Torre de Babel. Ba-el, que significa no idioma babilônico “Porta de Deus” representa justamente o episódio que narro a seguir.

No capítulo 11 do livro de Gênesis, entre os versículos 1 a 9 temos a história de um povo, descendentes de Noé, que vivam em uma planície e na qual falavam todos a mesma língua e usavam as mesmas palavras. Viajando do Oriente começaram a edificar uma cidade, a terra de Shinar, fabricando tijolos e argamassa, todos juntos e vivam em harmonia.

torre

Luiz Royo

Então Deus, o Eterno como diz na Toráh, desce dos céus para ver o que seus filhos estavam construindo e viu que o povo estava edificando uma torre muito alta, pois desejavam chegar aos céus. Os homens achando que dominando a tecnologia, poderiam construir algo tão grandioso e alto que chegariam aos céus. Segundo os estudos rabínicos, esse episódio representa o desejo humano pelo reconhecimento e por deixar seu nome escrito na história da humanidade. Em suma, representa o ego humano, o orgulho, a arrogância, o preconceito e o reconhecimento por seu poder.

Rider Waite

Rider Waite

Vendo então que o ego humano crescia, e para reforçar a pequenez humana diante da grandiosidade divina, Deus se enfurece e desce dos céus raios para destruir a torre. Juntamente com isso faz cair sobre o povo línguas diferentes, a fim de que os confundam e não ocorra mais a união e não haja mais uma liderança capaz de dominar todo o povo e assim se sobrepor a Deus. De acordo com a Torá, a tecnologia deve ser utilizada para o bem da humanidade e não para atender o ego humano.

Contudo, o que isso tem a ver com a carta da Torre né? No Tarot de Marselha ela é retratada como La Maison de Dieu, ou seja, A Casa de Deus, e faz relação com o texto de Apocalipse 4, versículos 1 ao 11. Interessante observar que a torre está presente tanto no primeiro livro (Gênesis), quanto no último (Apocalipse).

16

A Torre – Tarot de Marselha

Na ilustração dos decks de Tarot que temos hoje disponíveis, vemos a Torre, arcano 16, representada sempre de maneira destruída por raios de fogo (no mito seriam línguas de fogo) ao centro e tendo sua base firmada. De acordo com os estudos e comentários feitos por rabinos acerca da Torá, a base que fica, e a qual não foi destruída corresponde justamente ao limite humano para o cumprimento de seu propósito divino. Já no campo dos estudos da Alquimia, a Torre corresponde ao corpo humano e o relâmpago seria a abertura de um portal entre os planos divino e humano.

torre bc

Mystical Lenormand

Quando falamos de Baralho Lenormand ou Baralho Cigano, a carta da Torre, lâmina 16, já não possui essa conotação de destruição e nem faz alusão ao mito anteriormente retratado. Muitas vezes é representado pela torre de um castelo que pode indicar um edifício, prédio público, banco, tribunais, longevidade, autoridade, etc. Há um sentido também de isolamento, afinal as princesas ficam sempre presas na torre de um castelo como Rapunzel. E pode indicar então a necessidade de repouso, afastamento pela reflexão, retiro, rigidez e por ai vai.

Enfim, há muito simbolismo representado na representação da Torre no Tarot e existe uma profunda relação da mesma com outros arcanos, como por exemplo o Enforcado, os Enamorados, o Diabo, e por aí vai. Se formos estudar a fundo a representação da imagem a partir de decks mais tradicionais, outros simbolismos encontraremos e novas pesquisas históricas serão necessárias. Vamos lá?

Em breve teremos um módulo avançado no Núcleo Sapienza e vamos detalhar mais cada um destes arcanos.

Te espero lá!

2 comentários sobre “O Tarot e os mitos: A Torre

  1. Boa tarde…no início do ano meu marido fez uma leitura sobre a casa espírita que estávamos frequentando e saio a carta da torre….pois bem perdemos o espaço onde se iniciamos e mudamos para outro e no entanto em 4 mesés que estávamos neste novo lugar recebemos a notícia que os direjentes havia feita uma escolha radical em acabar com o terreiro pq iriam buscar novos horizontes será que a torre mostrou para ele o que estava por vir pela frente????

    1. É bem possível que sim, pois a Torre tem justamente essa função de mostrar a destruição de algo, por diversos motivos, para uma possivel reconstrução posterior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *