O Tarô e a Mitologia Grega – O Imperador

Por Gabriela Cecato

Zeus3O Imperador é a quarta carta dos Arcanos Maiores e no Tarô Mitológico ele é representado por Zeus, o rei dos deuses.

Zeus é filho dos titãs Cronos e Reia. Cronos foi alertado por um oráculo de que um de seus filhos iria tirá-lo do poder, logo passou a devorar todos os seus filhos sucessivamente: Héstia, Deméter, Hera, Hades e Poseidon. Quando Zeus estava para nascer, Reia buscou asilo em Creta para poder esconder seu filho mais novo de Cronos. Reia, então, pegou uma pedra e a embrulhou em panos e deu para Cronos como se fosse seu recém-nascido. Cronos, por sua vez, comeu a pedra pensando que era Zeus.

ruinas templo de olimpia

Ruinas do Templo de Olimpia

Reia protegeu a infância de Zeus mantendo-o escondido em uma caverna em Creta na companhia de Ninas e Curetes – demônios que tinham inventado o uso de armas de bronze e passavam o tempo todo dançando e batendo suas espadas e escudos -, pois assim conseguiria disfarçar os barulhos de um bebê.

Assim o tempo passou e já adulto, Zeus sonhou em destronar Cronos. Com um plano bem elaborado, Zeus faz Cronos tomar uma droga que o faz devolver os filhos que tinha devorado outrora. Assim, com a ajuda dos irmãos, Zeus declara guerra a Cronos. Essa guerra durou 10 anos e com a ajuda dos Ciclopes, dos Hecatônqueros e dos Gigantes, Zeus consegue mandar Cronos e os titãs para o Tártaro e dar o poder aos primeiros Olímpicos e dividiu o mundo com seus irmãos mais velhos, Zeus ficou com o ar, Poseidon com as águas e Hades com o Mundo Inferior.

Zeus fez do Monte Olimpo seu palácio, instituiu uma hierarquia entre os deuses que deveriam obedecer às suas leis supremas. Ele podia conceder o bem ou o mal de acordo com suas próprias leis, é o protetor dos homens e deus dos lares e da amizade.

o imperador_mitologico

Zeus retratado no Tarô Mitológico

No Tarô Mitológico, a carta d’O Imperador mostra um homem de barba sentado em um trono dourado no cume de uma montanha, onde é, de certa forma, seu reino uma vez que na divisão do mundo ele ficou com o céu. Na mão direita ele possui três raios, que juntamente com o trovão são os símbolos de Zeus e na mão esquerda segura o mundo e possui uma águia em seu ombro, que é o emblema de Zeus pois está acima de qualquer outro pássaro devido às suas características, além de representar o instinto agressivo e de conquista do deus.

o imperador_illuminati

Tarô Illuminati

Comparando a carta d’O Imperador entre alguns decks, podemos observar que as vestes são sempre de cores fortes como roxo, azul e vermelho, pois na antiguidade representavam a nobreza devido à dificuldade de chegar nesses tons de tecido.

Assim como no tarô Mitológico, temos a presença da águia do Tarô de Marselha, porém sendo representada como um escudo assim como na carta d’A Imperatriz, embora virada para outro lado, mas reforçando a ideia de que a águia é o pássaro supremo. Como representação animal nos tarôs Rider Waite e Illuminati podemos ver a presença de cabeças de bode nos tronos, representando a fecundidade e a libido.

o imperador_marselha

Tarô Mitológico

Já falando a respeito da iconografia cristã nas cartas de tarô podemos observar a presença da cruz no cetro d’O Imperador no tarô de Marselha e na mão esquerda no tarô Illuminati. A cruz também se faz presente nos cetros dos tarôs Illuminati e Rider Waite, porém é a chamada cruz ansata, um antigo hieróglifo egípcio utilizado por nobres e faraós no sentido de lhes trazer proteção. A cruz ansata, também pode representar a união do masculino e feminino, simbolizando a vida em sua totalidade. No ocultismo e na alquimia, ela representa o caminho da vida simbolizando a transformação.

o imperador_rider waite

Tarô Rider Waite

Agora falando dos significados dessa carta, assim como todas que vimos até agora no Tarô Mitológico, acho que Zeus representa muito bem a figura d’O Imperador – não somente pelo fato de ser O imperador na mitologia grega. Para quem conhece ou já ouviu falar o suficiente de mitologia grega pode perceber que Zeus está presente em inúmeros mitos – só dos textos que vimos anteriormente (Mago, Sacerdotisa, Imperatriz) aparece em… todos – seja como pai, irmão, marido, amante, amigo, inimigo. É a representatividade masculina, a imagem da paternidade cuidando de tudo e de todos, mas não da mesma forma que vemos A Imperatriz fazer isso. Enquanto a Imperatriz é só amor, o que vem com O imperador é a ação, é o ato de mandar e ser soberano, ter compaixão, mas ao mesmo tempo mostrar sua ira se sua autoridade for contestada, é conseguir criar e colocar ideias em prática.

Então, após duas cartas onde conseguimos ver muito a respeito da intuição, do amor, do sagrado feminino temos uma que nos mostra um contexto mais prático, embora ao mesmo tempo O Imperador nos mostre que ele acredita em algo além dele mesmo.

estatua zeus_7 maravilhasCuriosidade: uma das sete maravilhas do mundo antigo – a quinta para ser mais exata – é uma estátua gigante de Zeus que foi construída em Olímpia, aproximadamente no século V A.C. pelo escultor Fídias. A estátua retratava Zeus sentado em seu trono, com cerca de 12 a 15 metros de altura, era toda de marfim e ébano e seus olhos eram feitos com pedras preciosas. 800 anos depois foi levada para Constantinopla (atual Istambul), onde acredita-se que tenha sido destruída por um terremoto em aproximadamente 462 D.C.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *